Heartstopper e a importância para jovens LGBTQ+

2 semanas atrás
113

Heartstopper abraça toda essa comunidade e mostrando toda sua importância. A série foi um lançamento da Netflix desse ano, uma série LGBTQ+, com um enredo e elenco diverso, abordando todas nossas próprias descobertas da adolescência, como lidamos com nossa própria sexualidade e a dificuldade de encontrarmos nosso próprio espaço, já que muitas pessoas ignoram totalmente nossa existência.

Acompanhar Charlie e Nick, na sua própria trilha de emoções, de pensamentos e lições, é algo extremamente lindo, carregamos um mundo enorme dentro da gente, sentindo tantas e tantas coisas.

A reação das pessoas ao nosso redor, como escondemos nossa dor, mas também como encontramos o amor, Heartstopper vai muito além da trama do lgbt que apenas sofre, ela demonstra amizade, apoio, companheirismo, como nossos amigos também são uma grande fonte de força e carinho.

Mas, o principal… como também podemos encontrar o amor, jovens lgbt passam anos sem se reconhecer em alguma obra e quando acontecia, muitas vezes era em uma história trágica ou caricata, e agora existir essa série, que demonstra como adolescentes realmente são, como lidamos com tantas mudanças e novas sensações, uma série que trata com muito carinho todas mensagens que ela quer passar, que corre do clichê da história triste e abraça toda uma comunidade, que faz a gente sorrir e ficar encantada com uma história de amor.

Mesmo com suas dificuldades, existe tanto apoio e amor, observar esses personagens sendo amados, suas cenas de abraços e falas meigas, cenas que eles se protegem e mesmo as cenas dolorosas, onde recordamos do ódio que ainda existe no mundo, elas ainda carregam um ar de esperança, de saber que temos pessoas importantes e que essas opiniões dolorosas, elas não contam.

Essa é uma série que olha pra todos os jovens dessa comunidade e também para os mais velhos, mostrando que nossas vidas também podem ter delicadezas e memórias lindas, amizades e amor, podemos encontrar tudo e nossa própria felicidade.

Uma série que lembra que não somos apenas dor.