Oats Studios | Uma aposta ousada da Netflix (Crítica)

1 mês atrás
446

Produzida pelo estúdio Oats Studios, a série homônima é um compilado de curta-metragens live action que abordam os mais variados temas. A produção fica por conta de Neil Bloomkamp, responsável por Distrito 9, filme que é uma das principais fontes de inspiração para a série.

Enredo

Na verdade, cada episódio tem uma proposta totalmente distinta. Em geral, as tramas tem um pé muito forte na ficção científica e outro no terror. Temas como invasões alienígenas e a forma como uma espécie extraterrestre poderia facilmente subjugar o ser humano é um dos grandes acertos da série, daí a comparação com Distrito 9. Falando nisso, é sensacional a forma como o roteiro constrói uma tensão, personagens bem elaborados e até um universo complexo em cada episódio, e ainda assim uma trama enxuta. E melhor: tudo isso sem precisar criar um hype enorme para futuras continuações, dado que cada história é independente uma da outra.

Conclusão

Oats Studios passa há quilômetros de distância de ser uma série para  qualquer um. Exatamente por ter uma pegada mais artística, não convencional e navegar por temas variados, desde o humor non sense até a guerra contra alienígenas, pode não ser palatável para quem quer simplesmente assistir algo envolvente e duradouro no final de semana.

Já para quem tem um apreço maior por produções que fogem do padrão hollyoodiano e não se preocupa muito com continuidade, pode ser a escolha perfeita para maratonar numa tarde de domingo. Sem dúvida, Oats Studios é uma aposta fora do comum por parte da Netflix, que vem desde muito tempo investindo em produções repetitivas e despreocupadas com um plot interessante.