O Príncipe Cruel | Resenha

2 anos atrás
5256

Hoje trago uma resenha do livro de romance O Príncipe Cruel de Holly Black. Este é o primeiro volume da série que foi publicado em 2018.

“Em vez de sentir medo, eu poderia ser temida.” – Jude Duarte

Um romance de enemies to lovers feito pela Holly Black. Ele conta a historia de três irmãs, duas humanas e uma meio-feérica. O início é a morte dos pais  das duas gêmeas humanas por Madoc, e o assassino leva as três para o mundo das fadas, Elfhame. Nesse lugar, humanos são vistos como inferiores e Jude, a personagem principal, tem que enfrentar muitas crueldades durante sua vida no mundo das fadas. Nem que, para isso, precise se envolver em tramoias políticas e uma guerra silenciosa pela coroa. As comidas são proibidas para humanos, e o sal é a única coisa que elas colocam para conseguir comer. Então entra Cardan, o príncipe cruel em pessoa, ou melhor, em feérico. Todos o admiram pela sua beleza, mas não pelos seus atos. Ele envenena Jude para ela passar vergonha, arranca asas de pixies…Mas não acaba por ai. Existem os amigos de Cardan, que são tão cruéis quanto, são eles: Locke, Nicasia, Valerian.

Carta encontrada em um livro do Cardan:

Um dos irmãos dele, Dain, oferece a Jude uma oportunidade em Elfhame, fazer parte da Corte das Sombras, se tornaria uma espiã para ver o que o pai estava tramando.

O desenvolvimento da protagonista é perfeito, e como feéricos não podem mentir, ela usa sua inteligência e a mentira para poder se livrar de muitas coisas neste lugar. Ela sabe equilibrar poder e fraqueza.

“Nunca? Nunca é como para sempre – imensurável demais para mortais compreenderem.” – Cardan

Apesar de Madoc ter levado as humanas para o mundo das fadas, Jude passa a amá-lo. Ele a ensina como lutar e ela vira uma grande guerreira. O primeiro livro fala mais das dificuldades da Jude e, sem soltar spoiler, tem uma reviravolta incrível no fim.

O Povo do Ar (saga do Príncipe Cruel) são em três volumes, o primeiro com esse mesmo nome, o segundo como Rei Perverso e o terceiro como Rainha do Nada. Este último ainda não foi traduzido. Eles foram publicados pela Galera Record.

Cardan e Jude:

Sinopse original:

“Primeiro livro da mais nova série de Holly Black. Conheça a impressionante história de uma garota mortal aprisionada em uma teia de intrigas reais. Jude tinha 7 anos quando seus pais foram assassinados e foi forçada a viver no Reino das Fadas. Dez anos depois, tudo o que ela quer é ser como eles – lindos e imortais – e realmente pertencer ao Reino das Fadas, apesar de sua mortalidade. Mas muitos do povo das Fadas desprezam os humanos. Especialmente o Príncipe Cardan, o filho mais jovem, mais bonito e mais cruel do Grande Rei. Para ganhar um lugar na Alta Corte, ela deve desafiá-lo… e enfrentar as consequências. Envolvida em intrigas e traições do palácio, Jude descobre sua própria capacidade para truques e derramamento de sangue. Mas, com a ameaça de uma guerra civil e o Reino das Fadas por um fio, Jude precisará arriscar sua vida em uma perigosa aliança para salvar suas irmãs, e o próprio Reino. Com personagens únicos, reviravoltas inesperadas, e uma traição de tirar o fôlego, este livro vai deixar o leitor querendo mergulhar de cabeça na continuação deste universo.”.

Trailer Fanmade

O Príncipe Cruel já encontra-se disponível nas livrarias e plataformas digitais.