Dica de leitura: Yasashii Sekai no Tsukurikata | Professor aceita pedido de dar aula nesta escola

3 anos atrás
627

Vou indicar um romance seinen, tem um tom de comédia, mas está mais para um drama romântico do que comédia romântica, Yasashii Sekai no Tsukurikata é um mangá que conta o que acontece em torno da vida do gênio de exatas Yuu Tomonaga. Primeiro que dizer que uma criança de 13 anos ser submetido a assuntos de universidades já é algo de se surpreender do protagonista, mas comparando um pouco com a juventude de Albert Einstein, o brilhante físico alemão, era considerado lerdo e tirava notas medianas na escola (se até Einstein era mediano na escola, então não desistam!!), Tomonaga que é tão avançado para sua idade relacionado à física, era 4,2 vezes mais lento para outros assuntos.

O interessante do mangá é cada capítulo ser referência a alguma matéria de física ou química, a autora deveria ser uma nerdzinha na escola para ter escrito um romance desses… O início da história conta Tomonaga estudando numa universidade nos Estados Unidos ainda muito jovem, participando do grupo de pesquisas e entusiasmado com o promissor futuro, mas os sonhos começam a se desmaterializar após uma conversa com o diretor, que triste por dar a notícia, diz a Tomonaga que ele não fará mais parte do grupo de pesquisas, mesmo com toda essa inteligência, as universidades não queriam alguém tão novo assim liderando uma grande pesquisa, como quem diz “garoto, vai ganhar experiência de vida e mais idade e depois volte aqui…”

Chateado por não conseguir realizar seus objetivos volta para o Japão e aceita um emprego por indicação de um velho amigo, Onoda, professor de história de uma escola só para garotas o convida para dar aulas de física no lugar do antigo professor, mas já o ameaça dizendo para não dar em cima das alunas pelo simples fato de o antigo professor ter sido acusado de abusar de uma aluna.

Então imagina né, um gênio para assuntos de exatas dando aula apenas para garota no último ano de escola. Ingênuo? Profissional? Reservado? Tímido? Introvertido? Chato? Leigo? Sonso? Todos esses pensamentos pairam quando começa essa interação com as alunas, claro que é uma brincadeira, um professor pra aceitar um cargo desses precisa de muito profissionalismo e paciência. Haruka é a garota na qual foi assediada, ela gravou um vídeo e postou na internet expondo o nome da escola com essa história, então a garota é traumatizada de se relacionar com homens, as próprias amigas ameaçam o professor caso faça qualquer gracinha com ela, mas ele não faz nada de errado, pelo contrário, a incentiva muito. Tomonaga e Onoga parecem pais dessas garotas, são professores, conselheiros, amigos, psicólogos e terapeutas. Tem até plot twist com o passado deles, é interessante a forma como lidam com tudo isso.

Sinopse:

“Yuu Tomonaga é um gênio que foi aceito pela Universidade da América com 13 anos de idade e logo depois se graduou. Infelizmente, ele perdeu os fundos para a sua pesquisa, mas decidiu continuar a mesma por conta própria. Ele viajou de volta para o Japão com a esperança de achar fundos, mas logo o dinheiro para as suas necessidades diárias acabou. Com sorte, ele recebeu uma ligação de um velho amigo e aceitou o pedido de dar aulas em uma escola que só tem garotas.”

É muita história nessa escola, certamente a ingenuidade de Tomonaga chegou no lugar certo e na hora certa, mas essa história não foca apenas em Tomonaga, a trama com as garotas, especialmente Haruka, e a história de vida de Onoda são elementos que cativam a leitura. Possui 31 capítulos.