Veja o que pesou no Cancelamento de Batgirl

1 semana atrás
128

A principal notícia que abalou os fãs de cinema durante essa semana veio da Warner Bros, com o anúncio oficial do cancelamento de Batgirl. O longa teria Abil El Arbi e Bilall Fallah na direção, e seria lançado ainda esse ano .

O real motivo do cancelamento veio bem depois do anúncio, o que gerou insatisfação nos fãs, com a declaração do chef do estúdio David Zaslav. A justificativa lançada pelo mais novo “manda-chuva” da Warner seria a de que estariam “poupando” o estúdio de futuros prejuízos financeiros. Zaslav disse que a nova administração do estúdio não vai lançar um filme sequer que não gere confiança e retorno para eles, especialmente se for algo relacionado a DC. Que vem de uma inconstância em suas produções.

“Nosso objetivo, além de fazer a DC crescer junto com seus personagens, é proteger a marca. Não vamos colocar um filme do qual não acreditamos, especialmente no que diz respeito à DC.” – Disse Zaslav.

A verdadeira realidade é que o filme da Liga da Justiça lançado em 2017, de Joss Whedon, possa ter gerado um possivel “trauma” quando o assunto é confiança em um produto. Desde o acontecimento e do prejuízo em 2017, a DC e a Warner vem “selecionando” com bastante cuidado e atenção seus filmes. Atualmente o foco do estúdio está em Adão-Negro que não só pode, como também vai inaugurar uma nova fase da DC nos cinemas

Apesar do assunto ser de extrema importância, não se pode deixar de comentar que foi algo decepcionante não só para os fãs de Batgirl como também para todos que trabalharam com muita dedicação no filme. O cancelamento de Batgirl foi consumado para que a Warner promova uma diminuição de impostos.
O prejuízo maior ficaria apenas no questão criativa, já que definitivamente a Warner ficará com uma relação abalada com todos que participaram da produção.

A atriz protagonista que daria vida a nossa heroína, Leslie Grace, falou ao público na noite desta quarta-feira (3) explicando todo o ocorrido.

“Querida família! Logo após as recentes notícias sobre nosso filme ‘Batgirl’, estou orgulhosa do amor, trabalho duro e intenção que todo nosso elenco incrível e equipe incansável colocaram neste filme ao longo de 7 meses na Escócia”, – disse Leslie Grace, que seria a primeira atriz latina a dar vida à Barbara Gordon.

O “fantasma” de 2017 continua correndo solto pelos estúdios da Warner e a questão financeira também. A esperança é que mais nenhum filme sofra com isso e nenhum produtor ou ator/atriz passe por uma experiência como essa.

Os próximos lançamentos da DC vem com força total aos cinemas do mundo, o que prova o verdadeiro foco do estúdio em viver uma época agradável e duradoura em suas produções .