A Hora do Pesadelo | Batalhas judiciais continuam afetando o mundo dos games

12 meses atrás
681

Se você é amante de filmes de terror, provavelmente conhece o caso vivido por A Hora do Pesadelo, franquia do icônico Freddy Krueger, que há anos está em disputas judiciais entre seu criador, Wes Craven, e os estúdios da Warner Bros. e da New Line.

Embora assim como Victor Miller, que obteve de volta seus direitos sobre Sexta Feira 13, Craven tenha conseguido reaver os seus, isto parece valer apenas em território americano devido à uma antiga lei de direitos autorais, fazendo com que os estúdios responsáveis pelos filmes continuem a serem seus donos em outros territórios.

O que muitos não perceberam, ou talvez demorem a notar, é que conteúdos e mesmo games inteiros que trazem os personagens têm sido removidos devido a disputa. Assim com Friday Night 13 The Game teve seus servidores fechados, fatos parecidos têm ocorrido com trabalhos que envolvam Freddy.

Mortal Kombat 9, por exemplo, não está mais disponível na Steam, podendo apenas ser adquirido por meio de chaves, com muitas buscas e comparações de preço pela internet, assim como a DLC que trás o personagem para Dead by Daylight, originalmente lançada em 2017, nunca chegou ao Nintendo Switch. Mesmo a remodelagem muito pedida do rosto de Quentin Smith, sobrevivente que acompanha Freddy na DLC e personagem do reboot da franquia que nunca teve a sua continuação, não pode ser realizada sem que um acordo decisivo seja fechado.

Se você busca por um destes conteúdos, e mesmo os que incluem Jason, como Mortal Kombat X, a recomendação é adquirir o mais breve possível, pois ao que tudo indica as brigas na justiça ainda durarão indefinidamente, e os conteúdos irão continuar a desaparecer, infelizmente.

Leia mais sobre: Freddy Krueger.