Boomerang X | Review

2 semanas atrás
521

Boomerang X é o mais novo lançamento da Devolver Digital, o qual a mesma nos forneceu para avaliar essa empreitada um tanto peculiar eu diria, a qual o jogo propõe.

O game foi desenvolvido pela DANG! e publicado pela Devolver Digital, e é um FPS (first person shooter), a qual sua arma é um bumerangue, mas não pense que o jogo é apenas lançar um bumerangue e esperar ele voltar, as mecânicas do jogo vão muito além disso.

Sobre o jogo

O jogo inicia sem dizer muito, com uma cutscene breve, o jogador avista um barco chegando próximo à uma ilha, e logo em seguida já se vê controlando o personagem que está na praia com a embarcação completamente destruída e com sua arma (uma lança) destruída. Logo em seguida, você adentra na ilha e encontra um vilarejo totalmente destruído e encontra seu companheiro durante o gameplay o BUMERANGUE.

Nos primeiros minutos de jogo, você é apresentado as principais mecânicas do game, a qual é lançar o bumerangue que mais se assemelha com uma Shuriken. No decorrer do game você adquire melhorias para o equipamento o qual mudam e muito a maneira de se jogar e que irei falar disso mais adiante.

O jogo conta a história da ilha através de sinais presentes nos cenários, o qual mostra ao jogador que houve uma batalha no passado com o povo que habitava a mesma(semelhantes à formigas), pois, os locais que você passa é possível ver armamentos de guerra, roupas de combate e até corpos das vítimas. Outro fator constante no jogo é uma lagarta chamada Tepan, que aparece entre um cenário e outro e conta mais sobre o embate que ocorreu no passado e o surgimento dos inimigos que a atacaram.

Alternativa Nerd/Reprodução

Os inimigos iniciais se assemelham com aranhas e abelhas, mas não pense que este serão seus únicos problemas, conforme você avança na jogatina eles mudam de forma, tamanho e especialidades, em que será necessário que você use as diversas habilidades do seu bumerangue. Sendo alguns inimigos “especiais” que são como se fossem chefes, onde você deve acertar pontos fracos e em condições favoráveis, pois, os mesmos possuem Movesets variados, onde você está condicionado a atacar em uma janela de tempo e tamanho específica.

Alternativa Nerd/Reprodução

Ao avançar no jogo você tem a impressão de estar adentrando ao centro da terra, pois, a cada arena derrotada, seu personagem percorre mais a fundo nas masmorras da ilha, o que parece não ter fim.

O gameplay funciona através de horda de monstros, o qual seu objetivo principal é derrotar uma quantidade específica de inimigos (os quais possuem uma marcação amarela na cabeça), mas não pense que é tão simples assim, pois, os monstros possuem características únicas, como por exemplo voar, criação de escudos, criar outras criaturas, velocidade, teletransportar e entre outras habilidades.

Alternativa Nerd/Reprodução

A barra de vida do personagem é demonstrada através de um símbolo que se assemelha com um escudo, e representa a quantidade de dano que você pode receber, e a cada pancada que você recebe, perde um escudo, o qual pode ser recarregado em pontos específicos na arena e após concluir a mesma. A quantidade de escudos é aumentada através de fontes que você encontra ao avançar no game.

Alternativa Nerd/Reprodução

Seu bumerangue é atualizado constantemente ao concluir arenas, aos quais você ganha mecânicas para incrementar ainda mais sua jogatina, como o estilingue, habilidade em que você se desloca até onde você arremessou sua arma, desacelerar o tempo momentaneamente, criar explosões, etc…

Alternativa Nerd/Reprodução

Graficamente o jogo é muito simples, o que não trouxe nenhum problema de desempenho na máquina em que foi testado (Jogamos a versão de PC), jogo rodando sempre acima de 60 quadros por segundo e não apresentou nenhuma queda de desempenho ou bug. Embora o jogo permita o uso de controles, optei pelo uso do clássico mouse e teclado, o mesmo respondeu muito bem e acredito que seja a opção em que você extrai o máximo do game.

Alternativa Nerd/Reprodução

Avaliação Geral

O lado positivo do game contrasta muito com o lado negativo, pois, por um lado onde o jogo é muito divertido, pois, sua jogabilidade é muito divertida e viciante, onde você quer sempre criar jogadas e combos que utilizem das mecânicas desta arma que é muito maneira, porém, o jogo peca nesta questão, pois, é só isso que você faz o tempo todo, entra em uma arena e derrota inimigos, o que pode afastar alguns jogadores, por interpretarem que seja mais do mesmo o tempo todo. Mesmo com as melhorias que você recebe no decorrer do jogo, ao fundo você tem a impressão que está fazendo a mesma coisa o tempo todo. No geral, achei o jogo bastante divertido e vale a pena jogar, um modo multiplayer cooperativo, pvp ou até um leaderboard (com tempo de conclusão dos desafios para compartilhar com amigos) seria muito bem vindo, fica a dica!

Prós:

  • Jogabilidade divertida e viciante
  • Desafiador
  • Trilha sonora empolgante

Contras:

  • Falta de exploração que aproveitasse das mecânicas do jogo
  • Gráficos simples demais para a geração atual
  • Gameplay repetitiva

Nota final: 8,0/10

Boomerang X está disponível para PC e Nintendo Switch.

Leia mais sobre: Boomerang X.