FIFA 22 | EA leva a captura de movimentos ao extremo

5 dias atrás
77

Há quase três décadas no mercado, a franquia FIFA da EA Games segue sendo a principal série de jogos de futebol do mundo, rendendo milhões em lucro à empresa a cada novo lançamento, anualmente. E apesar dos fatos de “serem sempre o mesmo jogo” que já se tornou até um meme maldoso dentro da comunidade gamer, desta vez a EA mostrou algo digno de elogios mesmo dos mais críticos.

Se aproveitando da potência fornecida pelo PlayStation 5 e pelo Xbox Series, a nova tecnologia utilizada no próximo game, a HyperMotion, permitiu que o game recebesse um nível de detalhe e realismos jamais visto em qualquer outro game do gênero.

Realizando a captura do movimento dos 22 jogadores “de verdade”, simultaneamente em um campo de futebol, diferente do que era feito antes, num estúdio e com menos pessoas envolvidas, os desenvolvedores transformam essas informações imagéticas (segundo o estúdio,  8,7 milhões de quadros capturados) em algoritmos: qual jogador corre mais, quem tem melhor posse de bola, quem é melhor no cabeceio, etc. Em seguida, entra o aprendizado de máquina do FIFA, que reproduz esses movimentos em milhares de cenários diferentes.

Tudo isso, obviamente, gera muito mais detalhes nos movimentos dos atletas, tornam eles mais responsivos e naturais ao comando do jogador, e uma inteligência artificial mais afiada para realizar diferentes passes. O objetivo, no fim das contas, é simular com a maior precisão possível as partidas de futebol da “vida real”.

FIFA 22 será lançado em 1º de outubro para PlayStation 5, Xbox Series X/S, Google Stadia, Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One.

Leia mais sobre: FIFA